Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Voltar
Início do conteúdo da página
pagina-inicial

30/11/-0001

Projeto Mais Médicos segue com reforço na APS durante pandemia

Certames já contabilizam 6.177 profissionais em atividade

A Atenção Primária à Saúde recebeu mais 84 médicos após o encerramento da 4ª chamada do 19º ciclo do Projeto Mais Médicos para o Brasil (Edital Saps/MS nº 5), reforçando o atendimento em unidades de saúde de 84 municípios distribuídos nas diversas regiões brasileiras.

Até o momento, o 19º ciclo responde pelo provimento de quase 4 mil médicos que se somam ao quantitativo já em atividade no Projeto. Com esse reforço, o Projeto alcança atualmente aproximadamente 16 mil profissionais voltados para o cumprimento do desafio diário de atender a cerca de 90% dos problemas de saúde mais comuns da população e, mais recentemente, à incidência crescente dos casos de Covid-19.

Confira os dados da 4ª chamada do 19º ciclo

São profissionais com concentração de faixa etária inferior a 39 anos e que se distribuiram em  municípios de todos os perfis, porém neste momento, verifica-se uma maior adesão de médicos nas capitais e grandes centros urbanos. São municípios que apresentam alta concentração populacional, onde se constata maior incidência de casos de Covid-19.

c

Para o Coordenador Geral de Provisão de Profissionais para a Atenção Primária (CGPROP/Saps/MS), Alexandre Mendonça, as ações do Projeto Mais Médicos para o Brasil contribuem efetivamente para o combate à pandemia. “Além de levar médicos para regiões onde há escassez ou ausência desses profissionais, essas ações foram responsáveis pela ampliação do atendimento à população brasileira, garantindo acolhimento, reconhecimento precoce e controle de casos suspeitos da Covid-19”, destacou, ao pontuar resultados positivos dos editais publicados em março e maio.

Reforço médico e outros editais

Em resposta ao contexto da pandemia causada pela Covid-19, a Secretaria de Atenção Primária à Saúde, além do 19º ciclo, já publicou mais três editais do Projeto Mais Médicos para o Brasil, nos meses de março e maio, para adesão de novos médicos e prorrogação da permanência de profissionais que já desempenhavam suas atividades nos municípios. Os chamamentos públicos se complementam e refletem o esforço da pasta pelo provimento urgente de médicos nas diversas localidades do país no atual cenário.  Essas ações contabilizam mais 6.177 profissionais em atuação na Atenção Primária.

- Edital nº 7 de 25 de março de 2020: prorrogação excepcional da adesão de médicos ativos que aderiram em virtude do 13º ciclo do PMMB e que estariam encerrando suas atividades nos meses de abril e maio de 2020, lotados em grandes centros urbanos. Com essa ação, 133 médicos continuarão exercendo suas atividades por mais 6 meses em 79 municípios.

- Edital nº 9 de 26 de março de 2020: chamamento de profissionais médicos cubanos que permaneceram no Brasil após o rompimento da cooperação internacional pelo Governo de Cuba, em novembro de 2018, que se enquadram nos requisitos do art. 23-A da Lei nº 12.871 e que poderão atuar em municípios de todos os perfis. Em sua 1ª chamada, finalizada em 8 de maio, 524 médicos foram alocados em 354 municípios. No total, o Edital prevê provimento de aproximadamente 1900 médicos para atuação por 2 anos no projeto.

- Edital nº 10 de 19 de maio de 2020: prorrogação excepcional da adesão de médicos ativos que realizaram adesão em virtude do 14º ciclo do PMMB e que estariam encerrando suas atividades entre os meses de junho de 2020 e março de 2021. Com esta ação, 1.807 médicos distribuídos em 1.020 municípios tiveram prorrogadas suas atividades nas frentes de atendimento da Atenção Primária por mais um ano.

 

 

voltar
Fim do conteúdo da página