Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Voltar

Novo prazo de inscrições para brasileiros formados no exterior

Início do conteúdo da página
pagina-inicial

30/11/-0001

1.807 profissionais renovam termo de adesão ao projeto

INFORME
1.807 profissionais renovam termo de adesão ao projeto
Certame atendeu unidades de saúde de 1.003 municípios de todos os estados e no Distrito Federal, além dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas

Considerando as ações de aperfeiçoamento na área de Atenção Primária em Saúde em regiões prioritárias para o SUS e estratégias de combate ao novo coronavírus, a Secretaria de Atenção Primária à Saúde (Saps/MS) publicou o Edital nº Nº 10, de 19 de maio de 2020.

O processo de renovação do termo de adesão chegou ao fim nesta quinta-feira (28), resultando na renovação de 1.807 médicos, por mais 1 (um) ano, ao Projeto Mais Médicos para o Brasil.

Do total de oportunidades de renovação dos termos de adesão, esse montante representa 96%, ou seja, a imensa maioria dos profissionais continuarão nas respectivas municipalidades oferendo serviço médico à população.

Os médicos integrantes do 14º Ciclo do PMMB, que iniciaram atividades no Projeto Mais Médicos em 2017, encerrariam suas participações ao longo das próximas semanas, o que acarretaria em perda de valiosa força de trabalho nas frentes de atendimento da Atenção Primária à Saúde dos municípios elencados no Edital, especialmente nesse momento crucial de combate à pandemia de COVID-19.

Com a expressiva adesão dos profissionais à prorrogação de suas atividades, fica garantida maior grau de assistência à saúde da população em municípios de diversos perfis, especialmente capitais e regiões metropolitanas (29%) e municipalidades caracterizadas pela extrema pobreza (20%).

São médicos que estarão atuando distribuídos nas cinco regiões brasileiras, conforme se verifica a partir dos infográficos seguintes:

 

O grupo de profissionais que prorrogou o tempo de participação no Projeto Mais Médicos é composto tanto por médicos intercambistas (1.089 médicos), como por médicos com registro no Conselho Federal de Medicina (718 médicos).

São ações concretas para prover o atendimento à população brasileira. É dessa forma que o Projeto Mais Médicos para o Brasil contribui efetivamente para o combate à pandemia, por meio de ações de saúde pública, garantindo acolhimento, reconhecimento precoce e controle de casos suspeitos da COVID-19.

 

Uma imagem contendo comida  Descrição gerada automaticamente

 

voltar
Fim do conteúdo da página