Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Voltar
Início do conteúdo da página
pagina-inicial

12/05/2020

Panorama do Projeto Mais Médicos para o Brasil com o resultado da 1ª chamada do 20º ciclo - Edital Nº 9 de 26 de março de 2020

O resultado da 1ª chamada do Edital SAPS/MS nº 9/2020, encerrada em 8 de maio, garantiu a ocupação de quase 100% das 526 vagas ofertadas. Serão reincorporados ao projeto 524 médicos oriundos da cooperação internacional e que atendem aos critérios estabelecidos no art. 23-A da Lei nº 12.871/2013.

Esses profissionais, de diversas faixas etárias, atuarão nas unidades de saúde para garantir o atendimento à população em municípios dos mais diversos perfis, distribuídos em todas as regiões do país.

Os recentes resultados da 1ª chamada do 19º ciclo já haviam introduzido nas linhas de frente da Atenção Primária à Saúde mais de 2.730 profissionais, e aguarda-se o fechamento da 2ª chamada nesta semana, o que representará mais médicos que chegam à Atenção Primária para contribuir na melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), bem como para reforçar o combate e a assistência aos casos da COVID-19.

Tais profissionais se somam aos demais integrantes do programa que já estão em atividade, levando atendimento para territórios onde há escassez ou ausência de médicos, além de também se direcionarem para grandes centros urbano, que têm sido, em face de maior densidade demográfica, cenário do crescimento exponencial de casos suspeitos e confirmados de infecção pelo novo coronavírus no país

Hoje o projeto Mais Médicos para o Brasil é responsável pelo provimento de aproximadamente 15.000 profissionais médicos distribuídos em todo o território brasileiro nas unidades de saúde municipais, conforme figura abaixo.

DISTRIBUIÇÃO DE MÉDICOS DO PROJETO MAIS MÉDICOS

Como pode ser observado na figura abaixo, o projeto está com atuação significativa naqueles Estados brasileiros onde se verifica a maior incidência de casos de COVID-19.

DISTRIBUIÇÃO DE MÉDICOS DO PROGRAMA NOS ESTADOS COM MAIOR INCIDÊNCIA DE CASOS DE COVID-19

Atuando nas mais diversas regiões do país, integrando a rede de assistência e prevenção, os profissionais do programa colaboram com a assistência à saúde local, corroborando com os esforços para minimizar o impacto dos casos da pandemia pelo novo coronavírus.

 

voltar
Fim do conteúdo da página