Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Voltar
Início do conteúdo da página
Mais oportunidades  de formação

Médicos

Mais oportunidades de formação

A presença do médico em uma comunidade pode mudar a vida de centenas de famílias. Por isso, a chegada desse profissional, muitas vezes, é tão comemorada. 

Nesses lugares, os médicos participantes do Programa Mais Médicos são bem recebidos e ainda mais valorizados. Como mostra o estudo realizado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), 100% dos médicos entrevistados disseram que foram bem recebidos pela comunidade. 

Com a expansão do Programa em 2015, são 18.240 médicos participantes atuando nas Unidades de Atenção Básica (UBSs) de 4.058 municípios e 34 distritos sanitários especiais indígenas (DSEIs), beneficiando cerca de 63 milhões de pessoas. A meta é que o Brasil passe de 1,8 médico por mil habitantes, em 2013, para atingir a proporção de 2,7 médicos por mil habitantes em 2026.

Além disso, o Mais Médicos prevê o investimento em infraestrutura, fundamental para garantir não apenas um melhor atendimento para os usuários como também melhores condições de trabalho para os profissionais. Atualmente, são mais de R$ 5 bilhões de reais destinados à construção, reforma e ampliação de 26 mil UBSs.

Mas, para atender as necessidades da população, não basta melhorar a estrutura e ampliar a quantidade de médicos. É preciso também formá-los com o preparo e as especialidades que atendam às demandas de cada comunidade. É esse o objetivo das mudanças que o Programa propõe desde as novas diretrizes curriculares para cursos de graduação novos e antigos até a formação de especialistas. 

 

voltar
Fim do conteúdo da página